Entrevista SBTpedia: Gabriela Spanic


Muitas novelas mexicanas fizeram sucesso no Brasil. Mas somente uma fez sucesso com dois personagens interpretados pela mesma atriz. Trata-se de Gabriela Spanic e as gêmeas Paulina e Paola. A Usurpadora conquistou uma legião de fãs sem igual, alçou recorde de reprises no SBT e chegou a bater a Rede Globo em horário nobre, sendo a primeira vez que o Jornal Nacional se sucumbia frente à concorrência, graças ao traços dessa atriz, que, à época, tinha apenas 25 anos de idade. Venezuelana de nascimento, mexicana de profissão e brasileira de coração, Gaby Spanic, como é conhecida no meio da TV, abre o jogo ao SBTpedia e conta como foi seus momentos no Brasil, agradece Silvio Santos e de quebra revela se aceitaria viver novamente um personagem num remake de A Usurpadora. Bom, já que o clima é de festa pelo 1 ano de vida do SBTpedia, Lalinha traga o champagne e vamos comemorar e acompanhar a entrevista na íntegra:

SBTpedia: Quando falamos na novela “A Usurpadora” é até inusitado, pois você na vida real também tem uma irmã gêmea, Daniela Spanic. Acredita que essa “experiência” na vida real, te ajudou a compor melhor as personagens Paola e Paulina na novela “A Usurpadora”?
Gabriela Spanic: Sim, ajuda um pouco, mas não é tão fácil que digamos, quando se faz dois personagens temos que diferenciá-los muito. Deu trabalho, mas foram personagens muito lindos.

Gaby Spanic como Paola, em A Usurpadora

SBTpedia: A maioria das novelas mexicanas fizeram sucesso aqui no Brasil, mas “A Usurpadora” conseguiu ir muito além, chegando a alcançar índices inacreditáveis de audiência e bater o recorde de reprises no SBT. A que você atribui o grande sucesso da novela? Aconteceu o mesmo em outros países?
Gabriela Spanic: Eu atribuo o sucesso principalmente ao adaptador e escritor, uma grande estrela da Televisa que é o Carlos Romero. Ele sempre dá muita importância para as suas protagonistas sempre cuidando da dignidade e decência delas. E também atribuo o sucesso da novela a excelente direção que teve A Usurpadora. Na novela, não tivemos apenas personagens bem escritos, senão também muito bem dirigidos. Somando-se a isso está o grande elenco estrelar e a qualidade que é característica da Televisa. A Usurpadora já entrou para os recordes do Guinness como a novela mais reprisada em todo o mundo.

SBTpedia: Você nasceu na Venezuela e ainda muito jovem chegou para ser atriz no México. Foi difícil lidar com o sucesso internacional de A Usurpadora, estando apenas com 25 anos de idade?
Gabriela Spanic: No princípio é normal nos assustarmos, eu me assustei muito, mas por isso foi que apostei e trabalhei sem perder a fé em Deus e na Virgem. Sempre fui uma mulher com muita força, mas às vezes a mesma força que sempre tive poderia gerar dificuldades, que acabam fazendo parte do showbusiness. Graças aos meus princípios bem embasados de casa, princípios que me transmitiu minha família, nunca me deixei contaminar por nada nem por ninguém... Aprendi sempre a fazer o bem sem ver a quem e estar muito agradecida com quem me apoia.

SBTpedia: Gabriela, depois que você ganhou o título de miss Venezuela Internacional, várias portas de trabalho se abriram. Você acredita que a beleza é fundamental para o sucesso de uma atriz ou cantora?
Gabriela Spanic: Talvez a beleza possa ajudar no princípio, mas o mais difícil em tudo isso é permanecer e graças ao público e aos fãs, eu estou trabalhando no meio artístico há mais de 23 anos, mais da metade da minha vida... e sempre trabalhando com todo meu coração, o que para mim é o mais importante.


Participação de Gabriela Spanic no Em Nome do Amor, do SBT, em 1999

SBTpedia: Como se sente sabendo que é adorada por milhões de pessoas em todo o mundo, inclusive aqui no Brasil?
Gabriela Spanic: Imagina como eu posso me sentir... agradecida, orgulhosa, privilegiada. O fato de que te reconheçam em vida e que recebas tantas demonstrações sinceras de carinho, isso para mim é meu maior tesouro, algo que ninguém poderá tirar de mim. São vivências que levarei com muita felicidade até o ultimo dos meus dias. Para mim isso não tem preço.

SBTpedia: Você tem uma vasta experiência em novelas, já pensou em fazer cinema ou mudar de profissão? O que mais te atrai no mundo dos famosos?
Gabriela Spanic: Me encanta atuar. Eu realmente gostaria de fazer cinema, e um cinema que não tenha nada a dever a Hollywood. Também tenho certeza de que isso acontecerá, se Deus quiser, farei tudo o que eu quero fazer. Além disso, também gostaria de produzir novelas... Isso já está conversado com a TV Azteca, minha empresa atual e o mais certo é que eles me deem essa oportunidade.


No tour pelos programas do SBT, Gaby também esteve no Programa Livre, onde mostrou que sabe sambar

SBTpedia: Você teve uma química interessante com o ator Arturo Peniche em “A Usurpadora” e, por conta disso, fizeram par em “A Intrusa”, em 2001, na qual você também voltou a interpretar duas irmãs gêmeas. Aqui no Brasil, até hoje pedem pela exibição de “A Intrusa” por conta do sucesso da sua interpretação como Paola e Paulina. Quais são as diferenças entre as duas novelas? Acha que o público brasileiro ia gostar de “A Intrusa”?
Gabriela Spanic: Ah, tenho certeza de que o público brasileiro também iria gostar muito de A Intrusa. Eu também fiz irmãs gêmeas nessa novela, mas ela não tem nada haver com A Usurpadora. É uma história que teve muito êxito em outros países. E sim, eu aprecio muito o Arturo Peniche, é um excelente companheiro de trabalho.


Na sua passagem pelo Brasil e pelo SBT, Gaby foi entrevistada no De Frente com Gabi

SBTpedia: Na sua passagem pelo Brasil, quais foram as melhores e piores lembranças? Temos uma cultura muito diferente da que você está acostumada?
Gabriela Spanic: Eu só tenho recordações maravilhosas da minha visita ao Brasil. A gente, a comida, o calor, o carinho... os brasileiros me trataram como uma deusa. Estarei eternamente agradecida. Me encanta a cultura do país, as festas, o samba... tudo por aí tem muito sabor. Jamais esquecerei tantas demonstrações de afeto. Tenho muito carinho e sou muito agradecida ao Silvio Santos por ter me levado ao Brasil. Tudo foi maravilhoso.

Gaby Spanic em passagem pelo Domingo Legal do SBT

SBTpedia: Recentemente, em 2010, você posou nua para a revista H Extremo, em ensaio realizado na Cidade do México. Foi a primeira vez que realizou uma trabalho desse tipo? Pretende repetir no futuro?
Gabriela Spanic: Sim, foi meu primeiro trabalho assim... Sinto que foram fotos muito lindas, bem cuidadas, artísticas, tudo muito profissional e bem feito. Imagina: nos dias de hoje as mulheres fazem topless nas praias e eu tive a oportunidade de fazer isso recebendo muito bem (risos).


Cenas de Gaby Spanic em Soy Tu Dueña, novela da Televisa que deve estrear em breve na tela do SBT

SBTpedia: O SBT, aqui no Brasil, adquiriu os direitos da trama “Soy tu Dueña” e deve estreá-la em breve na grade. Nela, você repete a parceria de sucesso com Fernando Colunga de A Usurpadora. O que você tem a dizer ao público brasileiro sobre esta novela?
Gabriela Spanic: Em “Soy Tu Dueña” eu fiz uma vilã, um personagem muito forte dentro da história, muitas vezes a história girava em torno de Ivana, um personagem cheio de conflitos, complexos e com uma necessidade muito grande de ser amada, de que tivessem consideração por ela! Na verdade esse foi um personagem muito importante na minha carreira de atriz. O público recebeu muito bem a personagem.


Novela Emperatiz, na TV Azteca, foi seu último trabalho na TV

SBTpedia: Seu último trabalho realizado foi na TV Azteca, do México, com a novela Emperatriz, que, por coincidência é uma adaptação de uma novela venezuelana, sua terra natal. Você acompanhou a versão original antes de assumir a versão mexicana?
Gabriela Spanic: Eu considero que a nova versão de Emperatriz foi muito bem feita, teve muita qualidade. A novela ficou em primeiro lugar na emissora, e isso que não estávamos em horário nobre. Emperatriz superou, inclusive, a novela do horário nobre e foi a novela de maior audiência nos últimos 10 anos da história da TV Azteca, e inclusive foi a novela mais vendida internacionalmente.


Direto do México, Gaby Spanic falou ao Domingo Legal com exclusividade

SBTpedia: O SBT vai estrear, em breve, a versão nacional da novela mexicana Carrossel, cuja versão original fez enorme sucesso. Para tanto, convidou Gabriela Rivero para fazer uma “ponta” na trama. Em uma hipótese, você aceitaria fazer uma participação especial numa nova versão de A Usurpadora? Já te passou pela cabeça ver Paulina/Paola sendo interpretada por outra atriz?
Gabriela Spanic: Claro que sim. Me encantaria fazer uma participação especial em um remake de A Usurpadora, para mim seria uma honra e uma grande satisfação. Se me convidassem eu com certeza aceitaria.


Ainda no SBT, Gaby Spanic visitou o Programa do Ratinho onde pode conhecer a sátira "A Xupadora"

SBTpedia: Pergunta de Fã – Lucas V. Santos (Presidente Prudente/SP): Você ainda é parada nas ruas pelos fãs de "A Usurpadora"? E qual te marcou mais, Paulina ou Paola?
Gabriela Spanic: Ah, até hoje me chamam de A Usurpadora (risos). Foi uma novela que marcou muito e também a que me deu a oportunidade de internacionalização. E qual me marcou mais? Ahhh, a boa Paulina, eu não tenho nada da Paola (risos).



Com todo o prestígio conquistado no Brasil com A Usurpadora, Gabriela gravou um comercial do Baú da Felicidade ao lado de Luis Ricardo

SBTpedia: Defina Gabriela Spanic por Gabriela Spanic.
Gabriela Spanic: Eu não poderia dar uma opinião sobre Gabriela Spanic, apenas posso dizer que sou um ser humano com defeitos e virtudes.

SBTpedia: Quais são seus planos para o futuro?
Gabriela Spanic: Nesse momento eu vou para Hungria divulgar Emperatriz que por sinal, foi a única novela de Azteca que compraram por lá. Na Hungria estão passando simultaneamente 3 novelas que eu trabalhei. Depois da minha viagem, quero me dedicar a obras sociais e passar as festas de fim de ano em meu país com minha família. Já tenho uma nova proposta para gravar outra novela no ano que vem e também vou fazer um tour por diferentes lugares do México para divulgar meu disco.

SBTpedia: Agora, por favor, deixe um recado para seus fãs brasileiros e para os nossos leitores que acompanharam esta entrevista.
Gabriela Spanic: Eu serei eternamente agradecida por todo o apoio que vocês me brindam. “Los amo a tiempo” e lhes desejo um feliz Natal. Que Deus os abençoe. Obrigada ao público Brasileiro por me seguir e por se fazerem presentes ainda que minhas novelas não estejam no ar aí no Brasil.

A entrevista foi realizada e produzida por José Eustáquio Júnior (@juniorpitangui), Luiz Ramos (@luizramos1) e Pedro Nascimento (@pedromnasciment). Nossos agradecimentos à atriz pela entrevista concedida.

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter