Cartas e Cartazes nº 09: Nasce uma televisão, nasce a TVS Canal 4 de São Paulo (19/08/1981)

Por José Eustáquio Lopes de Faria Júnior (@juniorpitangui)

Amanhã é dia de todos estarmos em ritmo de festa! O SBT comemora seus 31 anos no ar, levando alegria, entretenimento e muita emoção aos lares brasileiros.

Vale lembrar que Silvio Santos, desde 1975, já possuía a TV Studios (TVS), Canal 11 no Rio de Janeiro. Mas foi em 19 de agosto de 1981, que a TVS Canal 4 de São Paulo (aos poucos ficando popularizada como SBT) entrou no ar para São Paulo e também para todo o Brasil.

O dia 19 de agosto não poderia ser mais alegre para Silvio Santos. Era a realização plena de seu sonho de ter uma rede de emissoras de televisão, de sua propriedade, em âmbito nacional.

E o SBT nascia ali com todo um simbolismo. Com a falência da TV Tupi, a emissora de Silvio Santos herdou não só a concessão com a numeração em São Paulo (canal 4), como também vários profissionais, entre artistas e diretores. O SBT nascia ali já realizando uma ação de responsabilidade social: quitar os débitos trabalhistas dos antigos funcionários da TV Tupi e manter o emprego de boa parte deles na emissora que ali iniciava. Ficar desempregado ali, no início da década de 80, em plena sucessão de planos econômicos meteóricos, não era das coisas mais agradáveis de se imaginar.

Pois bem. Chegou o grande dia. 19 de agosto de 1981 e Silvio Santos iria assinar a concessão e, assim, ter condições de trabalhar para a emissora ir ao ar. Certo? Errado. Em um feito inédito e talvez sem precedentes na história da comunicação, o SBT entrou no ar antes mesmo da concessão e transmitiu o seu próprio nascimento, ao vivo, às 9h30 da manhã, direto do Salão Nobre do Ministério das Comunicações. Homero Salles, hoje na Record e com passagens por Viva a Noite e Domingo Legal, foi o responsável pela direção da transmissão e admitiu que, à época, o SBT teve exibição “clandestina” durante cerca de 15 minutos, tempo exato que antecedeu ao ato de assinatura pelo dono do SBT.

E, através da imprensa, noticiou para que todos sintonizassem e assistissem a esse “nascimento”. No vídeo abaixo, de mais de 8 minutos, vocês podem conferir como foi esse acontecimento histórico, mais precisamente o discurso de Silvio Santos naquela oportunidade:



O anúncio em questão de hoje traz justamente esse momento e representa basicamente a "certidão de nascimento" do SBT. Publicado na imprensa no dia da inauguração da emissora, ele demonstra o ineditismo da programação ser inaugurado já no ato da assinatura da concessão. Vale lembrar que a Manchete (herdeira da Excelsior em solo paulista), só veio a entrar no ar em 1983, dois anos depois de vencer a concessão junto com Silvio Santos.

A nova rede que ali despontava também prometia muitas coisas logo de cara no anúncio publicado na imprensa: “moderno e revolucionário sistema de televisão”; “muita música, informação, humor, talento e emoção, tudo dosadinho com tempero brasileiro”; “estará nascendo a melhor opção para o seu divertimento, lazer e informação”.

Ainda hoje, personalidades que ainda trabalham no SBT fizeram parte daquele momento histórico. São os casos do popular “O Povo na TV”, que tinha Christina Rocha como uma das suas apresentadoras já no dia de estreia do canal e Magdalena Bonfiglioli, hoje no Programa do Ratinho e que foi a responsável pela cobertura jornalística da assinatura da concessão por Silvio Santos.

Com uma programação ainda incipiente, o SBT de Silvio Santos nasceu com séries e filmes enlatados, bastante apelo infantil (Bozo e desenhos animados), programação popularesca (O Povo na TV), auditório (Moacyr Franco, Raul Gil e Silvio Santos) e artistas e atrações da Tupi aos poucos assumindo posições importantes (são os casos de Almoço das Estrelas, com Lolita e Airton Rodrigues e o humorístico Reapertura, de grande sucesso). Caindo no gosto do povo brasileiro, rapidamente o SBT se tornaria vice-líder absoluto de audiência em todo o território nacional.

O que achou do anúncio de hoje? Gostou? Comente e envie também o seu anúncio antigo do SBT através do contato@sbtpedia.com.br. Vamos fazer o maior levantamento de anúncios da história do SBT.

Perdeu alguma edição do Cartas e Cartazes? Veja as edições que já publicamos:

Cartas e Cartazes nº 01: SBT - O Criador do break exclusivo (03/06/1984)

Cartas e Cartazes nº 02: SBT transmite Prêmio Nobel (22/01/1989)

Cartas e Cartazes nº 03: SBT provoca Malu Mader e Antônio Fagundes com Carrossel (21/06/1991)

Cartas e Cartazes nº 04: Em ano de mudanças e parcerias, SBT estreia Tela de Sucessos (01/08/1997)

Cartas e Cartazes nº 05: Cantinho da disciplina neles! Supernanny chega ao SBT (01/04/2006)

Cartas e Cartazes nº 06: SBT se compara a Itamar Franco sobre vice virar "líder" (30/12/1992)

Cartas e Cartazes nº 07: SBT - Todo telespectador tem direito a controle remoto (14/05/1999)

Cartas e Cartazes nº 08: Rambo e a (quase) estreia do Cinema em Casa no SBT (14/08/1988)

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter