Cartas e Cartazes nº 34: Queridinho de Silvio Santos, Julio Iglesias tem espaço reservado no SBT (03/05/1984)


Clique sobre o anúncio e vá em "exibir imagem" para vê-lo em tamanho maior

Por José Eustáquio Lopes de Faria Júnior (@juniorpitangui)

Nunca foi segredo para ninguém. Silvio Santos tem dois cantores preferidos: aqui no Brasil, o Roberto Carlos e lá fora, o Julio Iglesias. Na falta de poder usar Roberto Carlos em sua emissora, tendo em vista o contrato de exclusividade do cantor com a Globo desde a década de 70 (coisa que foi relaxada apenas em pouquíssimas ocasiões, como na entrevista de Roberto para Jô Soares e as visitas do mesmo ao Troféu Imprensa e ao Em Nome do Amor), Silvio Santos teve que recorrer ao seu outro cantor preferido, Julio Iglesias, para tê-lo em sua grade de programação. E é esse o nosso tema de hoje do Cartas e Cartazes.

O SBT foi “lançado” em 1981 e passou por um período de formação já no ar, aos poucos trazendo produtos de qualidade gravados no exterior, como shows ou especiais com atores ou cantores de sucesso. Julio Iglesias, claro, era um dos alvos preferidos, principalmente na década de 80. Contudo, em 1982, quem saiu na frente foi a Band, que comprou os direitos do especial gravado por uma TV italiana, com passagens por cenários de todo o mundo e ainda canta ao lado de Plácido Domingo.

Já em março de 1983, foi a vez do SBT dar o troco e ter, para alegria de Silvio Santos, Julio Iglesias em sua grade de programação pela primeira vez. O SBT exibiu o especial “Julio Iglesias – Meus Momentos no Taiti”. Inédito no Brasil, o documentário com o cantor espanhol na paradisíaca ilha trazia canções do então último LP lançado “Momentos”.

Em maio de 1984, foi a vez do SBT repetir a dose, dessa vez com grande divulgação, inclusive com anúncio na imprensa. O show, inserido em plena grade dominical da emissora (a mais valiosa e com mais audiência), foi exibido logo após (ou dentro dele, conforme o entendimento) do Programa Silvio Santos. Veja que o SBT não poupa elogios a Julio no anúncio, destacando a grade vendagem de discos, uma “unanimidade internacional” e o maior cantor romântico da atualidade. Veja que o SBT promete dali em diante exibir uma série de musicais, o que de fato aconteceu, não só do Julio, como de vários artistas internacionais.

A divulgação na imprensa, em especial nos jornais O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo durou do dia 3 até o dia 6, dia da exibição do show. A bem da verdade, nem dá para falar que era um show. O especial consistia em entrevista com o cantor, falando sobre a vida pessoal, sucesso e planos para o futuro e a exibição de quatro músicas inéditas gravadas no Japão e em Los Angeles (EUA).

Ainda em 1984, o SBT repetiria a dose de Julio Iglesias, em um dos seus especiais de fim de ano. Dessa vez, a atração era em Jerusalém (Israel). O especial, claro, bastante oportuno. Aliás, praticamente o que Roberto Carlos fez na Globo recentemente. Para um público de 20 mil pessoas, Julio Iglesias interpretou as mais diversas canções no Sultan’s Pool, mesmo local do show de Roberto. Além disso, nesse especial do SBT, foram mostradas paisagens históricas da cidade. O mesmo aconteceu com o show exibido pela Globo em 2011. Coincidência?

Deixando esse lance para o lado, em 1987, mais uma vez Julio Iglesias bateria ponto na grade do SBT. De passagem pelo Brasil nesse ano, várias emissoras dedicaram sua programação ao cantor. No SBT, a atração da vez foi um musical gravado dessa vez em Nova York (Estados Unidos).

Em 1988, por causa do problema de voz, Silvio Santos teve que se ausentar dos domingos e audiência e faturamento caíram. No dia 14 de fevereiro de 1988, uma semana antes de retornar aos domingos, o SBT exibiu em sequência das 14 às 20h30 os especiais com Tina Turner, Roberto Leal, Paralamas do Sucesso, Madonna e Luciano Pavarotti e, ele, claro, Julio Iglesias, com o show em Jerusalém.

Muitos devem ter se assustado com o especial do violinista André Rieu exibido no último Natal do SBT, mas a década de 80, especialmente, comprova que a emissora sempre curtiu muito o filão musicais internacionais. Com um “poquito de pasión” do Julio Iglesias para agradar o patrão, melhor ainda.

O que achou do anúncio de hoje? Gostou? Comente aqui no site! Seu comentário é muito importante para aprimorarmos cada vez mais o quadro. Envie também o seu anúncio antigo do SBT através do contato@sbtpedia.com.br. Vamos fazer o maior levantamento de anúncios da história do SBT. Não fique fora dessa!

Perdeu alguma edição do Cartas e Cartazes? Veja as edições que já publicamos clicando aqui!

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter