Tribuna SBTpedia: O que Silvio Santos pode fazer com 'Boom!', o seu novo game show, por Gabriel Reis

O que Silvio Santos pode fazer com 'Boom!', o seu novo game show

Por Gabriel Reis* (gabrielviannareis@gmail.com)

O SBT adquiriu junto a Keshet International o game show “Boom!”. O programa será a mais nova atração do “Programa Silvio Santos” e tem como objetivo fazer o programa do animador crescer em audiência e voltar a vencer a Record em São Paulo. Desde o final do ano passado, o resultado mais constante na disputa de audiência entre ambas as emissoras no horário do “PSS” é o empate técnico ou a derrota do SBT por até um ponto de diferença. 

O game show consiste na resposta de sete questões de múltipla escolha, com temas pré-definidos (esportes, filmes, artes, etc). Cada questão é representada por uma bomba cenográfica que é colocada no centro do palco. Como em um filme de ação, a bomba possui diversos fios coloridos. Cada um deles representa uma resposta. Cabe ao participante, assim como aos heróis nos filmes de ação, cortar os fios corretos, que nesse caso representam as respostas corretas. Para cada pergunta respondida corretamente é pago um valor para os participantes (em geral a competição envolve duas ou mais pessoas, que jogam juntas): 5, 10, 15, 20, 25 e 50 mil reais para cada uma das seis primeiras bombas. Após a sexta bomba, a equipe pode decidir ou não ir para a sétima pergunta/bomba, que permite que os participantes quadrupliquem tudo o que foi ganho anteriormente, o que pode levá-los ao prêmio máximo de meio milhão de reais. No entanto, em caso de erro, os participantes saem do jogo com apenas metade de tudo que fora ganho até então. O jogo permite até dois erros (até a sexta bomba), nesse caso a equipe perde somente o valor que seria pago especificamente pelas perguntas/bombas erradas, mas continua no jogo. Com um terceiro erro a equipe está eliminada. O game show possui outras peculiaridades: não permite que o participante pare no meio do jogo (a exceção da última bomba, que é opcional); tem um tempo pré-determinado para que as perguntas sejam respondidas; possui um número variável de opções de resposta (que variam de quatro a dez, dependendo da pergunta); e mais de uma resposta certa por pergunta (variando entre três e sete).

A missão em “Boom!” é cortar os fios corretos e desarmar a bomba. Imagem: Keshet International

As perguntas possuem um tempo pré-determinado para serem respondidas. O número de opções e de respostas corretas também varia a medida que o jogo avança. Acima há dez opções de resposta: três corretas e sete erradas. Imagem: FOX

O programa possui inúmeras detalhes que podem e devem ser explorados pelo SBT. Listo abaixo:

- Possui cenário amplo e bonito e com espaço para o auditório, colocando a figura do participante no centro ao lado das “bombas” que são levadas ao palco por um mecanismo automático que compõe o cenário. Esse cuidado com cenografia e iluminação é característica fundamental do programa, caso contrário, seria apenas um game show comum;

- Quando as bombas explodem, elas soltam algo próximo de uma gelatina. É um humor mais pastelão, que combina com muitos quadros históricos do SBT como as tortadas do “Passa ou Repassa” ou o “Shampoo de Ovo”, presente no “Topa Tudo Por Dinheiro” e no “Programa Silvio Santos”. A plateia, inclusive assiste ao programa com capas de chuva. O “Programa Silvio Santos” é o cenário perfeito para o apresentador e seu auditório entrarem na brincadeira;

- A própria estrutura de perguntas e respostas, associada com um elemento de tensão, que lembra um pouco o “Show do Milhão”;

- Cada programa tem uma temática, em geral associadas aos participantes. Pode ser um casal buscando dinheiro para realizar o seu casamento; um grupo de amigos querendo uma viagem, etc. Explorar essa temática é importante. Programas de televisão contam histórias e narrativas, é importante explorá-las;

- Quando a equipe acerta a sétima (e última) pergunta, ao invés da gelatina, a bomba provoca uma chuva de dinheiro, que lembra e muito o que já é feito por Silvio Santos em seu palco.

Em “Boom!” também há uma “chuva de dinheiro”. Lembra ou não lembra o “Programa Silvio Santos? Imagem: FOX

Em caso de erro, a bomba explode. Imagem: FOX

O fundamental nesse novo quadro é como ele será entregue ao público. Acredito que aí está a principal missão do SBT e de Silvio Santos: dar uma qualidade de produção de alto nível ao formato internacional. Colocar uma bomba cenográfica mal feita, no centro do atual cenário do “Programa Silvio Santos” é pedir para repetir o fracasso do “Pergunte aos Universitários”, versão improvisada do “500 Questions” ou, ainda, o fracassado “Eu compro o seu televisor”, que quando bem feito, se o tornou o sucesso “Topa ou Não Topa”. 


No vídeo a estreia do quadro “Pergunte aos Universitários”. A atração não teve cenário próprio e os poucos elementos cenográficos do quadro foram colocados de forma totalmente improvisada. Saiu do ar em pouco tempo e sem deixar saudade. Vídeo: SBT 


Um dos episódios de “500 Questions”, o original, exibido pela ABC. Vídeo: ABC 

O horário também é importante: por ser um quadro novo e com potencial, sugiro exibi-lo no final do programa, assim não só será possível segurar o público, como o nova atração será exibida no horário de maior visibilidade de programa. O “Boom!” é a oportunidade do SBT criar mais um sucesso, espero que a emissora não desperdice. 


No vídeo o programa de estreia exibido pela FOX, no dia 25 de junho de 2015. No minuto 25´42 podemos ver a “explosão” da bomba sujando a todos. No minuto 42 a famosa “chuva de dinheiro”. Vídeo: FOX
 
*É graduado em Comunicação Social (Rádio e TV) pela Escola de Comunicação da UFRJ. Teve passagens pela TV Boas Novas e pelos canais Esporte Interativo, onde foi coordenador de programação. Atualmente escreve artigos de opinião às segundas-feiras no “SBTpedia”

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter