Com exclusividade, Roberto Cabrini entrevista Anthony Garotinho no Conexão Repórter; veja destaques

No Conexão Repórter deste domingo, 27 de novembro, Roberto Cabrini fica frente a frente com Anthony Garotinho. Em sua primeira entrevista após nove dias de prisão, o ex-governador do Rio de Janeiro fala sobre o período tumultuado entre o Complexo Penitenciário de Bangu, dois hospitais e sua própria residência.

 Foto: Divulgação/SBT

Garotinho fala sobre o medo da morte, explica tudo o que aconteceu e revela se comprou ou não votos. O telespectador vai acompanhar ainda o que ele tem a denunciar. "Eu não quero fazer julgamento do juiz, mas ele vai responder pelo que fez. Eu sei quem está por traz disso", diz Garotinho. 

Para a esposa, Rosinha Garotinho, o marido é um arquivo vivo. O que a fez acreditar que ele poderia ser executado na prisão?

Confira as melhores frases da entrevista com Rosinha:
CABRINI: O que a senhora mais temeu nesse processo?
ROSINHA: A vida dele.
CABRINI: No momento em que ele estava em Bangu, a senhora temeu pela vida dele? A senhora temeu que ele fosse executado?
ROSINHA: Tive medo.
CABRINI: Por que?
ROSINHA: Porque ele sabe muito.
CABRINI: O que é que fez você acreditar que ele seria executado na prisão?
ROSINHA: Eu não quero acreditar que tenha sido intencional, a ida dele para lá.
CABRINI: A senhora quer dizer que a prisão dele seria uma retaliação?
ROSINHA: FOI uma retaliação. 

É o que telespectador vai ver em "Lembranças do Cárcere", no Conexão Repórter deste domingo, logo após o Programa Silvio Santos.

CONEXÃO REPÓRTER
Neste domingo, à meia-noite

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter