The Noite recebe o ator, cantor e humorista Moacyr Franco nesta quinta-feira; veja foto e frases

No The Noite desta quinta-feira, 03 de novembro, Danilo Gentili recebe Moacyr Franco. Ator, humorista, cantor e compositor, ele fala na entrevista sobre alguns dos momentos mais marcantes de sua carreira e de seus 80 anos recém-completados.

Foto: Leonardo Nones/SBT

Moacyr conta histórias inusitadas que passou ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega, fala sobre o início de sua trajetória profissional no rádio e na televisão e conta como se tornou compositor de grandes sucessos da música brasileira. Ele fala ainda sobre sua participação no filme “O Palhaço” e, mais recentemente, em “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, com lançamento previsto para 2017.

Confira as melhores frases da entrevista:


· De um tempo pra cá é tanta entrevista para eu contar minha vida que eu acho que morrerei na próxima década. (sobre completar 80 anos)
· Abandonei o Boni. É uma sacanagem da qual eu me arrependo sempre, até porque deixei de ganhar o dinheiro que ele ganhou. Fui com o Carlos Manga para a TV Rio. (sobre o início da carreira)
· Eu era um horror. Uma vareta, magro e seco. (sobre quando se viu pela primeira vez na televisão)
· Eu sou vaidoso. Eu me cuido.
· Acidentalmente minhas ex-namoradas tem sido muito jovens.
· Tenho muito orgulho da minha família, dos meus filhos e de todo mundo que transitou na minha existência.
· "Me dá um dinheiro aí" foi a marchinha que praticamente encerrou as Olimpíadas (do Rio). Aquilo foi arrepiante, uma consagração.
· Golias foi a coisa mais engraçada que o ser humano produziu.
· Não tenho nenhum DVD até hoje. Sou o único cantor brasileiro que não tem. É muito caro. E nunca usei esse negócio de verba do governo.
· Era para fazer um mês o “Jeca Gay” e já estou na Praça há 15 anos.
· O Jeca Gay nunca repetiu uma história. O ineditismo é que faz a gente crescer e ter orgulho da carreira de criador.

THE NOITE
Nesta quinta, logo após A Praça é Nossa

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter