Resumos de capítulos de 'O Que a Vida me Roubou' (14 a 18 de agosto de 2017)


Confira os resumos dos capítulos de 14 a 18 de agosto da novela mexicana inédita "O Que a Vida me Roubou", exibida pelo SBT de segunda a sexta, às 18 horas:

Capítulo 141, segunda-feira, 14 de agosto

Macário fica enciumado ao observar Sofia olhando com admiração para Erick, que canta uma música que fez em homenagem a Esmeralda. Adolfo atira em Ezequiel durante um discurso político. Montserrat está conduzindo seu carro novo quando percebe que está sendo seguida por José Luiz. Ela se assusta e bate o carro. Maria, disfarçada de Montserrat entra na casa de Alessandro. Furioso, ele a expulsa de sua casa e dá ordens aos empregados para que não permitam sua entrada. Ezequiel diz a Carlota que não pretende sair de casa, pois quando Pedro Medina souber que ele não está morto vai querer assassiná-la. Montserrat discute com José Luiz que ameaça usar de sua influência para tirar dela a guarda da filha. Pedro continua chantageando Adolfo e deixa claro que se deixar de cumprir suas ordens a vida de Josefina corre perigo.

Capítulo 142, terça-feira, 15 de agosto

Montserrat conta a Alessandro porque bateu o carro e diz que foi ameaçada por José Luiz. Adolfo fica preocupado ao saber que Ezequiel não está morto. Ezequiel pede a José Luiz que o ajude a deixar o país e em troca revelará a identidade do Escorpião, o braço direito de Pedro Medina. José Luiz, com a intenção de desmentir Montserrat, pede a Renato que afirme que durante a tarde estiveram juntos em seu escritório. Renato quer saber se está acobertando Pedro Medina e ele diz que não. Alessandro procura José Luiz e exige que pare de assediar sua esposa pois quase provocou uma tragédia. Ele nega que estava dirigindo o veículo e afirma que estava com Renato, mas este não confirma a história e diz a Alessandro que não estava com José Luiz. Ezequiel fica chocado ao ver Pedro Medina ameaçando Carlota com uma arma.

Capítulo 143, quarta-feira, 16 de agosto

Pedro com o revólver apontado para Carlota exige que Ezequiel conte a ela quem na realidade, que não passa de um narcotraficante e assassino. Ezequiel, chorando, pede perdão a Carlota e se justifica dizendo que tudo que fez é por que ela jamais teria se casado com um simples policial. Pedro sarcástico diz a Carlota que é tão idiota que nunca percebeu que estava casada com um covarde que não se importou em abandoná-la para salvar sua vida. José Luiz diz a Alessandro que cometeu um erro, mas não queria que acontecesse nada a Montserrat. Alessandro e José Luiz se agridem violentamente. Demétrio interrompe a briga e conta para Alessandro que Pedro Medina invadiu a casa de sua tia Carlota. José Luiz diz a Renato que todos lhe dando as costas, inclusive ele, e pede que se retire de sua casa. Renato, indignado, diz que sempre que infringiu a lei foi para protegê-lo, portanto, não se atreva a chamá-lo de traidor. Ezequiel conta para Esmeralda que Pedro está vivo, matou sua esposa e pede a ela que o ajude.

Capítulo 144, quinta-feira, 17 de agosto

Esmeralda se recusa a ajudá-lo e aconselha que procure as autoridades. Carlota, chorando, diz a Demétrio, Alessandro e Montserrat que se casou com um delinquente, que Pedro lhe deu a opção de fugir em troca de sua vida e ele não duvidou em aceitar. Maria conta para Adolfo que Ezequiel está com Esmeralda, quer um lugar para passar a noite e quer fazer um acordo com a marinha para sair do país. Montserrat diz a Alessandro que se sente culpada pela briga entre ele e José Luiz e não deseja que nenhum dos dois saiam machucados. Alessandro diz que José Luiz não aceita que estejam juntos mesmo que tenham permitido que veja a filha todos os dias. Alessandro comenta com Montserrat que está convencido que José Luiz e Pedro Medina estão unidos para prejudicá-lo. Ezequiel diz a Demétrio que pode lhe dizer que matou Mônica e revelar a verdadeira identidade do Escorpião se em troca sua vida estiver protegida. Rosário é levada em uma caminhonete e Alessandro tem certeza que Pedro Media está por trás do sequestro de sua mãe.

Capítulo 145, sexta-feira, 18 de agosto 

Demétrio se surpreende ao ver Carlota que exige falar com seu marido. Renato pressiona Ezequiel para que lhe diga quem é o Escorpião. Ele responde que só revelará a verdade para Demétrio quando estiver à salvo no voo que o levará para fora do País. Renato diz a Ezequiel que ele não está em situação de impor condições e que os advogados da marinha já estão revogando seus privilégios. Por isso é bom que colabore antes que seja muito tarde. Desesperado com o sequestro da mãe, Alessandro, furioso, exige que José Luiz lhe diga onde está Pedro Medina. Ele afirma que não sabe onde está e que não tem nada a ver com ele. Pedro, furioso, recrimina Adolfo por não ter eliminado Ezequiel. Adolfo pede vinte e quatro horas para acabar com a vida dele e Pedro diz que Josefina pagará as consequências se ele voltar a falhar. Carlota, chorando, dá uma bofetada em Ezequiel e o insulta. Pedro pergunta a Rosário se está preparada para assistir a morte de seu filho.

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter