The Noite recebe comediante Paulo Cintura e reexibe entrevista com radialista Paulo Barboza nesta segunda

Nesta segunda-feira, 16 de abril, Danilo Gentili recebe Paulo Cintura. Ele fala sobre sua história, conta como é sua rotina de exercícios e alimentação, além de relembrar como foi sua entrada na “Escolinha do Professor Raimundo” e curiosidades dos bastidores. Aos 67 anos ele afirma não pensar em casamento e diz ser muito exigente com as garotas que conhece: “Às vezes conheço uma menina na internet e, se vem para a minha casa, tem regras: "aqui não se bebe e não se fuma"”, diz ele. Paulo se posiciona de forma contrária ao remake da “Escolinha” e diz que não autoriza o uso de seu personagem: “Se fizer a casa cai. Vai cair juridicamente ou fisicamente. Quer colocar, tem que me pagar”.

 Foto: Eve Schwarz/SBT

Confira outras frases da entrevista:


“Esse apelido eu tenho desde 12 anos de idade. Tinha a cintura muito fina. Primeiro foi “Paulo Ampulheta”.”
“Naquela época as alunas da Jane Fonda vinham fazer aula comigo.” (quando começou na ‘Escolinha’)
“Sou extremamente chato pra essas coisas (drogas). Nunca tomei álcool, não sei o gosto da cerveja. Não como sal, nem açúcar. Sou muito chato, nenhuma mulher me aguenta.”
“A TV Globo toda fazia aula comigo. Aí quando entrei para a televisão parei de dar aula. (...) Até o Boni fazia aula comigo. Todo mundo de novela.”
“Não fui bem recebido. Mas em pouco tempo, duas semanas, o pessoal viu quem eu era. Aí mudou, passei a dominar a escolinha.” (sobre quando entrou na Escolinha)
“Não sinto a menor falta de gravar a escolinha. Sinto falta da confraternização, dos bastidores.”
“Minha alimentação é banana com aveia e ovo cozido. Fico sem comer comida uma semana.”
“Acordo três da manhã para correr na areia. Evito convites, evito sair de casa.”
“Mais vale o vasinho da solidão que a encheção de saco da união.”

 Foto: Lourival Ribeiro/SBT

Como uma forma de homenagem, o programa também reexibirá a entrevista com o radialista Paulo Barboza. Um dos maiores locutores do Brasil, ele falou sobre os mais de 55 anos de carreira, contou que chegou a pesar 139 quilos e revelou ter se casado virgem. Na ocasião Paulo relembrou a infância, afirmando que o desejo em trabalhar no meio artístico veio desde seus 8 anos, quando ele se imaginava em auditórios, tendo ingressado no rádio aos 14 para concretizar essa vontade. Ele também se recorda de ter recebido críticas do diretor artístico em seu primeiro emprego, que teria dito a ele que sua voz era feia e que ele “não dava para isso”.

THE NOITE
Nesta segunda, logo após o Conexão Repórter

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter