Roberto Cabrini vai a Israel para contar os 70 anos de história da nação no Conexão Repórter desta segunda

Na região mais disputada do planeta, uma nação completa 70 anos. No Conexão Repórter da próxima segunda-feira, 18 de junho, Roberto Cabrini visita Israel, a Terra Santa, encruzilhada da história, berço da civilização, do judaísmo, cristianismo e islamismo. Mais de vinte anos depois de cobrir a entrega de territórios aos palestinos, o jornalista retorna ao local em busca de sua essência e mostra as semelhanças e diferenças entre a situação atual e a era de Yasser Arafat, com detalhes nunca mostrados de uma guerra sem fim. O telespectador vai acompanhar a construção de um país em meio a inimigos e vai ver como a modernidade e o fogo cruzado convivem lado a lado. A trajetória de um povo que ficou dois milênios sem ter um território próprio, a alta tecnologia e a formação de uma mais impressionantes máquinas de guerra da história.

 Foto: Divulgação/SBT

Cabrini mostra os bastidores das forças israelenses, como se preparam para as batalhas diárias e suas consequências, além de encontrar um brasileiro, morador de um kibutz, na fronteira com a Faixa de Gaza, que perdeu a filha atingida por um míssil. Do outro lado, pais palestinos também sepultam seus filhos. O programa traz os vários ângulos do conflito, no lugar onde a intolerância religiosa e a luta política crucificaram o profeta Jesus há dois mil anos, e também resgata uma entrevista reveladora com ativistas do Hamas e sua face mais controvertida: operações de suicídio, homens-bomba. O jornalista visita ainda um hospital no norte do país, em meio a uma zona de bombardeios, que é um retrato da dura realidade e, também, um símbolo de esperança. Ali, ideologia e etnia não importam. A missão é salvar vidas. Se, de um lado, radicais dos dois lados impedem o êxito dos processos de paz; de outro a maior parte da população a defende e anseia por ela.

CONEXÃO REPÓRTER
Nesta segunda, às 23h15

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter