SBT remove filmes 'sangrentos' de plataforma de streaming para estimular doação de sangue em nova campanha

Filmes de ação com cenas sangrentas fazem sucesso entre os espectadores da TV e das plataformas de streaming. Mas, e se esses títulos saíssem do catálogo, temporariamente, por uma boa causa? Atentos ao atual cenário de déficit nos bancos de sangue do país, a SBT do Bem, plataforma de responsabilidade social do SBT, e o Looke, serviço de streaming, se uniram em uma campanha inovadora, a “Tela sem sangue”



Criada pela agência WMcCann, a iniciativa propõe que, se está faltando sangue nos hemocentros, também irá faltar filmes com sangue na programação da emissora e na plataforma de streaming. O objetivo da ação é estimular a doação de sangue por meio dos espectadores das duas plataformas de conteúdo, até os bancos de sangue subirem seus estoques.

Assim, conforme aumentar o nível dos estoques de sangue, os títulos voltam gradativamente à programação normal do Looke. E, ao final da campanha, os espectadores do SBT ainda serão contemplados com a exibição do filme “A morte convida para dançar”.

“Dados do Ministério da Saúde mostram que menos de 2% dos brasileiros têm o hábito de doar sangue, é um número muito baixo. Justamente por isso o tema sempre está no nosso calendário de SBT do Bem. Dessa vez, apostamos em algo que é de interesse comum de todos – o entretenimento – para promover o engajamento para a doação, de maneira inovadora”, destaca Priscila Stoliar, gerente de Marketing do SBT.

A campanha “Tela sem sangue” já está circulando e a comunicação é feita por meio de comerciais bem-humorados, em que personagens marcantes do universo de filmes sangrentos aparecem em situações inusitadas pedindo emprego. No caso do Zumbi, por exemplo, o personagem é mostrado distribuindo panfletos interpretando um corretor de imóveis, já que, teoricamente, ficou desempregado com o seu filme fora do ar. Confira um dos vídeos aqui.

Os artistas influenciadores do SBT também têm um papel importante nesta ação: eles irão utilizar suas redes sociais para comentar o quanto estão sentindo falta dos filmes, estimulando a doação por parte dos internautas.

A campanha ainda conta com um hotsite, onde o público pode acompanhar um medidor de sangue, que mostrará o andamento do crescimento dos estoques de sangue e quais filmes serão liberados. Também neste canal há um mapa dos locais para doação de sangue em todo Brasil.

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter