Ex-PM que matou Jessyka Laynara fala pela primeira vez a Roberto Cabrini no Conexão Repórter desta noite

No país do feminicídio, o Conexão Repórter desta segunda (26) traz as revelações de uma história que chocou o país. Roberto Cabrini fica frente a frente com o soldado da Polícia Militar que assassinou a mulher que sempre disse amar. No Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, Ronan Menezes do Rego fala sobre seu crime pela primeira vez.

 Foto: Divulgação/SBT

O programa mostra como o homem foi de apaixonado a algoz e como um longo relacionamento pôde culminar na cruel execução de Jessyka Laynara da Silva Souza, uma mulher bela de apenas 25 anos. O telespectador vai conhecer detalhes das brigas e discussões provocadas, em geral, por um homem ciumento que passou a tentar controlar a vida da namorada e que, motivado pela suspeita de traição, atirou contra um professor de academia e, em seguida, na própria namorada. Cabrini examina os detalhes que levaram à morte da jovem, com o desafio de entender como funciona a mente de homens como Ronan, que matam quem dizem amar, mostrando suas lógicas e contradições. Entre as grades de quem foi condenado a 26 anos e quatro meses, o ex-policial, que antes exibia sua farda com orgulho, dá sua versão dos fatos. O jornalista conversa ainda com familiares da jovem, mostrando o que eles têm a dizer.

CONEXÃO REPÓRTER
Nesta segunda, às 23h45

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter