SBT conquista a vice com 15% de vantagem e é a segunda emissora mais vista no Brasil pelo 9º mês consecutivo

 
Em dezembro o SBT registrou, na média das 24 horas, no PNT (Painel Nacional da Televisão), 4,8 pontos e completou nove meses seguidos como a segunda emissora mais vista do País. A emissora é vice-líder desde abril de 2019.

Índice 15% superior ao registrado pela emissora terceira colocada, que no mesmo período e faixa horária marcou apenas 4,2 pontos de média – o pior desempenho ao longo de todo o ano de 2019.

Considerando somente o mês de dezembro, ainda na média das 24 horas, o SBT impactou 148,6 milhões de telespectadores no Brasil e alcançou 58,7 milhões domicílios.

Além de garantir a segunda colocação na média/dia, o SBT superou a emissora terceira colocada em outras importantes faixas horárias do dia.

Na média manhã, das 6h às 12h, o SBT marcou 3,7 pontos de média contra 3,1 da terceira colocada. Uma vantagem de 20%.

No horário nobre, das 18h às 24h, o SBT encerrou o mês de dezembro no PNT com 7,3 pontos de média e completou oito meses seguidos na vice-liderança da principal faixa horária da TV brasileira. A terceira colocada marcou 6,7 pontos de média.

Na madrugada, das 24h às 6h, o SBT segue na vice-liderança absoluta ao cravar 2,8 pontos de média. A emissora terceira colocada marcou apenas 1 ponto de média.

Vice-líder em todos os dias da semana


O SBT ainda garantiu a vice-liderança em audiência em todos os dias da semana e marcou as maiores médias às quintas-feiras e aos domingos, quando alcançou 5,4 pontos de média contra apenas 4,6 e 3,9 da terceira colocada, respectivamente.

Às segundas-feiras de dezembro no PNT o SBT cravou 4,8 pontos de média contra 4,6 da terceira colocada.

Considerando somente a média alcançada às terças, a emissora marcou 4,5 pontos de média. A concorrente ficou com 4,1.

Já às quartas-feiras o SBT acumulou média de 4,7 pontos de média e também ficou na segunda colocação. A terceira colocada registrou 4,4 pontos.

Sexta-feira a emissora superou a concorrente por 4,8 a 4,4 de média e, aos sábados, venceu por 4,3 a 3,2.

Vice-liderança desde 2014


Na média anual, entre janeiro e dezembro de 2019, o SBT também ocupou a vice-liderança. Nesse período, na faixa das 24 horas, ainda no PNT, a emissora marcou 5,4 pontos contra 5 da terceira colocada. Foi a maior diferença entre as duas emissoras desde 2016, quando o SBT venceu por 5,5 a 5,1.

Com o resultado, o SBT se mantém na vice-liderança pelo 6º ano seguido. A emissora é a segunda emissora mais vista do Brasil desde 2014.

Conteúdo próprio

Das 20 maiores audiências do SBT no PNT ao longo do mês de dezembro, 15 são produções próprias. Ou seja, 75% dos maiores índices alcançados pela emissora são de programas produzidos no SBT.

Ainda no mês de dezembro, 31 programas superaram a emissora terceira colocada e encerraram o período na vice-liderança no PNT.

Outras Praças


Além do segundo lugar no PNT pelo 9º mês consecutivo, o SBT superou a concorrência nas principais praças do País, na média das 24 horas.

Em São Paulo, principal mercado do Brasil, a emissora completou 33 meses consecutivos na segunda colocação. Em dezembro, acumulou 5,6 pontos de média contra apenas 4,3 da terceira colocada. Uma expressiva vantagem de 31% na média geral. O SBT é vice-líder em São Paulo desde abril de 2017. *1

No Rio de Janeiro, ainda na média das 24 horas, o SBT marcou 4,6 pontos de média e garantiu a segunda colocação pelo 9º mês seguido. No mesmo período e faixa horária a emissora terceira colocada ficou com 4,1 pontos de média. *2

Em Porto Alegre o SBT encerrou o mês de dezembro com 3,4 pontos de média e também assegurou a segunda colocação. Índice 30% superior ao registrado pela terceira colocada, que no mesmo período e faixa horária marcou 2,6 pontos. *3

Fonte: Inteligência de Mercado /Kantar IBOPE Media –MW –Dados Domiciliares (Rat%) – Regiões Metropolitanas (15 praças) – Dados arredondados com 1 casa decimal.

*1 - Fonte: Inteligência de Mercado /Kantar IBOPE Media –MW –Dados Domiciliares (Rat%) – GSP – Dados arredondados com 1 casa decimal.

*2 - Fonte: Inteligência de Mercado /Kantar IBOPE Media –MW –Dados Domiciliares (Rat%) – RIO DE JANEIRO – Dados arredondados com 1 casa decimal.

*3 - Fonte: Inteligência de Mercado /Kantar IBOPE Media –MW –Dados Domiciliares (Rat%) – PORTO ALEGRE – Dados arredondados com 1 casa decimal.

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter