SBT prepara grande cobertura do julgamento do caso Rafael a partir da próxima segunda-feira; veja detalhes

Na segunda-feira (21), começa o júri do Caso Rafael que vai definir o futuro da ré Alexandra Dougokenski, acusada de assassinar o filho em Planalto - cidade com cerca de 10 mil habitantes, no norte do Rio Grande do Sul. Conforme a denúncia, a mãe de Rafael Winques, de 11 anos, estrangulou o menino com uma corda e escondeu o corpo dentro de uma caixa de papelão, no terreno de uma casa vizinha à sua.

 
Para acompanhar a movimentação em Planalto, norte do estado, a produtora Ingrid Oliveira e duas equipes de reportagem, lideradas pela Luciane Kohlmann e pelo Lucas Abati, viajam para a cidade nos dias que antecedem o júri. Os cinegrafistas Jairo Christofari e Cristiano Junkherr vão acompanhar as equipes.

"O SBT está envolvendo 15 profissionais nesta cobertura jornalística tão importante para o estado e também com repercussão nacional. O público do SBT vai poder ter acesso às informações por várias plataformas e ainda acompanhar análises e desdobramentos do júri minuto a minuto", afirma o editor regional Danilo Teixeira.

Os detalhes do julgamento, que deve durar quatro dias, serão atualizados no SBT Rio Grande e SBT Rio Grande 2 edição, e também no SBT Brasil. Ainda estão previstas, após o SBT Rio Grande, a partir das 13h15, lives diárias com especialistas convidados, que serão transmitidas no SBT News. Além disso, o SBT News vai transmitir em tempo real todo o julgamento.

Na próxima sexta-feira (18), o SBT Rio Grande exibe trechos de entrevistas com pessoas relacionadas ao caso e que vão participar do julgamento. O jornal vai ao ar a partir das 11h30.

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter