The Noite homenageia voluntários e profissionais que ajudaram Petrópolis, após tragédia das chuvas, nesta terça-feira

No segundo programa da temporada de 2022 do The Noite, que acontece nesta terça-feira (08), traz convidados que participaram de buscas no maior desastre ligado às chuvas em Petrópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, no dia 15 de fevereiro.

“Eu conversei com nossa produção e eu falei que eu faço questão que na primeira semana do The Noite [da temporada de 2022] estejam aqui as pessoas, os heróis que ajudaram o país, que ajudaram Petrópolis nessa tragédia que aconteceu lá. E é por isso que vocês estão aqui e eu sei também que não foram só vocês, muitas outras pessoas estiveram lá, mas essas pessoas hoje estão sendo representadas por vocês, e obrigado pelo o que vocês fizeram por Petrópolis no momento como esse tão difícil”, declara Danilo Gentili. 
 
Foto: Gabriel Cardoso/SBT
 
O apresentador recebe o Coronel Rodrigo Bastos, subcomandante do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. O “Russo Adestrador” que contribuiu com as buscas ao lado da cachorra Toya e Gabriela Leite, que pertence à Igreja Batista do Alto da Serra, bairro mais afetado pelos deslizamentos, que está prestando apoio aos desabrigados e desassistidos.

Segundo o Coronel Bastos, foram 233 pessoas que morreram e quatros pessoas que seguem desaparecidas, sendo procuradas pelo resgate. Ele comenta sobre o momento que foram notificados do fato: “Quando a gente trabalha nesse aspecto de tragédia, a gente não imagina da grandiosidade que é aquilo ali. A gente viu que começou a chover de forma diferente, choveu em três horas o que não chove em um mês, a gente teve os primeiros relatos e a gente foi mobilizado na hora e conseguimos chegar lá bem rápido”.

“É uma comoção imensa , então a gente tem que ter esse controle emocional de ir para o local onde houveram essas solicitações, foram mais de 100 solicitações ao mesmo tempo no local e a gente conseguiu mobilizar 500 homens, para de forma imediata, ajudar lá [...] Conseguimos resgatar 24 pessoas no primeiro momento com vida e foi algo gratificante”, conclui o Coronel.

A Igreja Batista de Gabriela ficou no bairro mais afetado. Quando a chuva parou, ela imediatamente começou a agir para ajudar os moradores. “Eu liguei para meu pastor, a gente precisava abrir a igreja, as pessoas estavam precisando do local, precisavam se abrigar, precisavam se aquecer. Chegamos lá com meio quilo de café, um quilo de açúcar, e cinco cobertores, e graças a mobilização de todo mundo recebemos quilos e quilos de alimentos e roupas”, conta a convidada.

A Toya ajudou nas buscas, assim como cães bombeiros e cães voluntários. O Coronel revela que tinham 60 cães treinados em ação. “A Toya ajudou em Brumadinho também. A Toya não é militar, mas o treinamento dela é bem parecido. Ela encontrou três corpos mortos em Petrópolis. Foram mais de 80 corpos que os cachorros no total conseguiram encontrar”, explica Russo Adestrador.

THE NOITE
Nesta terça, logo após o Cine Espetacular

# Parceiros


#Facebook: SBTpedia

#Twitter